segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Eu Sou Amazônia: Eu Sou Água


Eu Sou Amazônia
Eu Sou Água

De onde vem a água?
Da Bacia Hidrográfica Amazônica saem todos os dias 17 bilhões de toneladas de água para os oceanos. No entanto, o volume de água que a floresta joga no ar é bem maior que isso. Na atmosfera, verdadeiros rios voadores percorrem milhares de quilômetros levados pela massa de ar que vem do Atlântico, fazendo chover em toda área centro sul da América Latina. Tem quem diz que as florestas são improdutivas. Mas, dentre muitas outras coisas, a Amazônia produz água. Muita água.


A Máquina de Água: Conheça o processo de formação das chuvas.
A Floresta Amazônica tem aproximadamente 300 bilhões de árvores que retiram água dos lençóis freáticos e colocam na atmosfera uma média de 500L todos os dias. Árvores maiores, como a Samaúma, chegam a produzir ainda mais. Por isso, as florestas são as maiores aliadas dos produtores de alimentos. Mesmo que eles não saibam disso.


Florestas e Produtividade: O efeito do território indígena do Xingu.
O Parque do Xingu é um exemplo impressionante do efeito das florestas nas chuvas, o que é evidenciado por dois municípios produtores de soja na região Centro-Oeste. As correntes de ar que vêm do Atlântico em direção ao interior passam pelo Xingu e são carregadas com a umidade que a floresta joga no ar. É por isso que a leste do parque, em Querência, chove pouco e apenas uma safra é produzida por ano. Já do outro lado, em Lucas do Rio Verde, o vento carregado de chuva produzida pela reserva possibilita a produção de duas safras.


Rios Voadores
Isso tudo poderia ser um deserto.
Quando olhamos para regiões na mesma latitude do quadrilátero Cuiabá - São Paulo - Buenos Aires - Andes, encontramos apenas desertos: Kalahari na Namíbia, o deserto da Austrália e o do Atacama, no Chile. Então, o que faz chover tanto naquela região? É o fenômeno dos rios voadores que, carregados com a umidade da Floresta Amazônica, viajam milhares de quilômetros levando chuva para a região centro-oeste e sudeste da América do Sul.

Sem florestas, sem chuva.
O que você pode fazer?
 A proteção das florestas na Amazônia é essencial para a manutenção dos padrões de chuvas na América do Sul. São toneladas e toneladas de água que enchem os reservatórios das maiores cidades do continente e irrigam plantações responsáveis por alimentar boa parte do mundo e, quem sabe, até você.
Ajude a proteger a Amazônia: Conservação Internacional

Participe Deste Projeto!
Ajude a Construir o Futuro que nós Queremos!


Nenhum comentário: