sábado, 23 de setembro de 2017

Eu Sou Amazônia: Eu Sou Alimento


Eu Sou Amazônia
Eu Sou Alimento

Eu sou alimento:
Vivendo da floresta.
No Brasil, às margens da Bacia Amazônica, a maior do mundo, vivem 27 milhões de pessoas. Indígenas, ribeirinhos, extrativistas, quilombolas. Para todos a floresta fornece, e vem fornecendo há milhares de anos, além de outras coisas, o principal: o alimento. Fortalecer a cadeia de produtos alimentícios da Amazônia é uma das maneiras mais eficazes de manter a floresta em pé.

Um grande pomar: A influência do homem na floresta.

As florestas da Amazônia foram moldadas pela ação humana ao longo de milhares de anos. Um processo que transformou boa parte da mata em gigantescos “pomares” repletos de espécies domesticadas pelo homem.



Eu sou alimento II
A castanheira: Sua majestade.
Vista de longe a castanheira é a árvore mais alta da floresta. Seu fruto sempre foi fonte de alimento para os povos da Amazônia e hoje faz parte da dieta de todo o mundo. Mas sua reprodução depende de um ambiente intocado, já que suas flores são polinizadas apenas por alguns tipos de insetos e orquídeas. Sem eles, as castanheiras não dão frutos e, portanto, não fornecem a castanha. Por isso, o equilíbrio da floresta é essencial para essas gigantes da Amazônia.



Eu sou alimento III
Dos quilombos para o mundo: quem cultiva a castanha que leva o nome do brasil?
Se sobreviver na Floresta Amazônica é difícil hoje, imagine para um escravo fugido a mais de cem de anos atrás. Com o tempo, os quilombolas aprenderam a sobreviver na mata e tornaram-se seus guardiões, tirando dela própria a sabedoria para seu sustento e manutenção.




Eu sou alimento IV
Gastronomia amazônica: o uso dos produtos da floresta.
O alimento que é fonte de sustento para milhares de povos na Amazônia hoje pode ser encontrado nos menus dos restaurantes mais conceituados do mundo. A cozinha de Thiago Castanho é um exemplo disso. Em seu cardápio encontramos tanto a inspiração quanto produtos da floresta. É pertinho de Belém, na Ilha do Combu, que Dona Nena produz o chocolate que o Chef Thiago Castanho serve para os clientes de seu restaurante e exporta para diversos países do mundo. “Nosso chocolate é gourmet porque é mais saboroso, tem mais pureza. É feito sem conservantes e sementes selecionadas, o que faz toda a diferença em relação a chocolates que compramos por aí” - Dona Nena


Uma nova economia: Quem compra os produtos da floresta?
Em praticamente qualquer supermercado no mundo é possível encontrar produtos advindos da Amazônia. Por mais que não sejam consumidos da mesma maneira que os povos da floresta, hoje podemos dizer com toda a certeza que a Amazônia alimenta pessoas por todo o planeta.

Protegendo o que nos alimenta: O que você pode fazer?
Para que a Amazônia continue alimentando pessoas ao redor do mundo, não são apenas as florestas que precisam ser protegidas. As tradições e cultura dos povos que vivem ali também. É a sabedoria dessas pessoas, adquirida através de centenas de anos em contato com a floresta, que garantem o fornecimento contínuo de produtos tão ricos.

Descubra se o seu produto da Amazônia é certificado: Imaflora


Participe deste Projeto!
Ajude a Construir o Futuro que nós Queremos!


Nenhum comentário: